quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

#parar de escrever merda

eu diria mais, eu diria que o nome disso é Tensão Pré, Pós e Durante a Menstruação! é engraçada essa mudança de comportamento que eu tenho...eu fico analisando e, meu, que insuportável ahahahaha!
nada flui direito nesses dias. nem os textos que eu costumo escrever tão bem nos meus cadernos secretos espalhados por aí...
comecei a escrever o post já há muito tempo e ainda não passei da linha x, e isso me deixa bem mais puta do que eu já estou, sendo que eu ainda nem estou puta o suficiente pra pode falar "nossa, estou puta." .-. caralho, que confusão.

Lulu Santos disse uma vez e nós fazemos questão de repitir sempre que há um Karaokê por perto: "não há tempo que volte, amor, vamos nos permitir!" - e essa é a frase mais frasuda de todas! hoje em dia nego vira e mete logo um "se jooooooooooga!" - o que é exatamente a mesma coisa. é aquela velha história do cair e não se importar se ninguém te segurar.
naquele momento eu cheguei a me perguntar se seria medo. mas medo do que? da situação? do novo? do diferente? de mim? medo de não saber lidar com a felicidade? não, foi só um lapso.
não vejo uma saída, não vejo como é possível abrir mão do que se sente pelo que se poderá sentir. não há garantias em nenhum dos jogos, não há vencedores ou empates, há apenas um jogo estranho, com um dado beeeeeeeeeeeem grande. tá, nem eu entendi essa metáfora HDAUSIHDIU.

não é egoísmo, é essa mania acentuada de querer mostrar, de explicar, de ensinar, de preparar, não sei. não pensei em mim, nem em nós e nem em ninguém, e pra dizer a verdade, não pensei em nada, porque a ficha caiu já faziam uns dias do ocorrido e aí sim eu pensei e, uuuuuuuuufa, aquela sensação de "ainda bem que eu falei o que eu queria falar"...mas há vezes em que penso como seria se eu tivesse virado e falado apenas um "ok." - caralho eu me sentiria a pessoa mais escrota do mundo se eu tivesse falado ok. não só nessa situação, como em todas!
tenho receio mas um dia enche o saco e você realmente pensa "que se foda então, ok." .-.

andei me imaginando de cabelo imeeeeenso, lisérrimo e pretaaaaaaaasso! sim sim tudo no aumentativo! um piercing no canto da boca, um rock'n roll estourando no fone de ouvido e pronto, mudei.
mas essa é uma mudança que exige todo um trabaaaaaaaaaaalho, como diria duduzinho. então deixa estar como está.

enfim, odeio fazer posts ridículos mas é que todas as coisas bacanudas de se escrever são expressamente proibidas de serem reveladas ao mundo, então ficam dentro do meu Querido Diário Otário (ehehehe) e tornam o tododia cada vez mais patético e "não estou fazendo nada então resolvi escrever pra passar o tempo" .-.

resolvi ficar por aqui só na espreita. e acabo de me arrepender de ter começado a escrever no dia de hoje.

Um comentário:

Às vezes até um smile agrada a quem escreve.